Busca de si no outro





Busca de si no outro
Noite fria... Cama vazia...
Quatro da manhã, ele não voltou...
Angústia... Nossa cama vazia, com os olhos rasos d água ando pela casa ainda mais vazia.
Um silêncio quase palpável. Onde você está? Por ventura em outra boca deposita os beijos meus por direito?
O que fazer com essa dor? A cama está fria, apenas as lembranças de tão poucos momentos, quando o tenho entre meus braços...
Por alguns minutos me sinto plena, realizada para em seguida sentir-me mutilada, no corpo o sabor da paixão, na alma a dor da ausência, solidão, escravidão..
O que leva uma mulher, inteligente, plena em suas faculdades mentais entregar-se de tal forma a outrem? E deixar que sua felicidade dependa das atitudes do outro até que ponto o amor pode causar dependência?
Seria o amor uma droga? Uma válvula de escape? Desejo de auto-afirmar-se?
Há muito que busca-se o ideal de relacionamento baseado no amor.


A escolha de um parceiro sempre se deu por interesse e isto é visto em qualquer âmbito, até os animais ditos irracionais, a fêmea escolhe o macho pelos indicadores de que é capaz de produzir filhos fortes. O casamento que conhecemos passou a ter chancela legal do Estado por volta de (1750) e ganhou impulso com os ideais da Revolução Francesa (1789). Estando em vigor cerca de 200 anos. Período em que passamos a ter liberdade de escolher nossos parceiros isso após muitas lutas e quebra de barreiras. Achava,se que um casamento arranjado estaria fadado ao fracasso, então escolher o parceiro por amor acreditou-se que seria formula certa para a felicidade. E quantos casamentos que mais parece conto de fadas dura tão pouco, em meses o príncipe vira sapo e tudo acaba numa vara de família. Na verdade o relacionamento feliz e duradouro se constrói com respeito, amizade, carinho, doação e deve ser mútuo, sem jamais delegar ao outro a responsabilidade pelo nosso fracasso emocional. Hoje o caminho mais fácil é a troca de parceiro e então a estória se repete.

Temos que reconhecer que o outro só muda a partir da nossa mudança. É impossível mudar o outro sem antes mudar a si próprio.

Por: Ahtange 

0 comentários :

Postar um comentário

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.