Hoje Recebi Flores




Esse é um assunto espinhoso, tão difícil até pra falar...
Então resolvi postar alguns trechos do meu próximo livro PSICOPATIA o inimigo pode está ao seu lado.
E um vídeo super interessante que encontrei no site CANTO CIGANO.https://sites.google.com/site/cantocigano/ 
Diz exatamente o que acontece com uma grande maioria de mulheres vítimas de violência doméstica.
Leia até o fim e não deixe de vê o vídeo é muito forte.
Bjinhos doces e carinhosos.
(...)As saídas, cada vez mais frequentes, incomodavam menos do que devia. Na verdade seu casamento agonizava, a única coisa boa era o sexo e quase não acontecia. O silêncio e a indiferença reinavam naquela casa. O tempo que Alex ficava em casa sua atenção era para o computador e para TV. Era ausente, despreocupado e nunca fazia planos para o futuro, tinha sua vida completamente independente, o interessante é que controlava a vida dela, e diante das crianças era completamente diferente, doce, amável, compreensivo, parecia ter dupla personalidade. No trabalho e diante dos amigos era gentil, sorridente e nunca parecia insatisfeito com nada. Ajudava todos era um ótimo companheiro. Assim como marido, fora os ataques repentinos de ciúmes e agressões verbais, para em seguida agir como se nada tivesse feito ou dito.
Com esses pensamentos fora ao quarto de Alexandre e das meninas.
 -Amo meus filhos e eles amam o pai, não tenho o direito de tirar isso deles. Acho que estou encrencada. Para não dizer coisa pior, fez uma careta e foi pro seu quarto.
Nesse momento ouviu o carro de Alex entrar na garagem, vestiu uma camisola e se enfiou embaixo dos lençóis e fingiu dormir.
Alex entrou no quarto em silêncio tirou os sapatos, vestiu o pijama e deitou-se esforçando-se para não acordá-la.
Se você soubesse o que faria? Sei que nunca me amou e eu a odeio por isso, sua desgraçada, mas viverá comigo pra sempre sua maldita. Não me ama, mas me pertence. Pensava enquanto adormecia com um sorriso diabólico nos lábios.



(...)Ela o entregou um envelope. Alex abriu e leu o conteúdo. Sorriu, mas um sorriso forçado.
— Grávida? Você está grávida? Atravessou o quarto e tirou de uma gaveta um envelope.
Leia querida. Leia sua vagabunda miserável, quero ver o que acha disso.
O ódio agora tomava força e crescia e subia-lhe a garganta com a força do inferno.
Calmamente calçava as luvas que costumava usar sempre com a desculpa que era alérgico a poeira.
Helena não queria, não podia acreditar. Levou a mão à boca para reprimir um grito da alma. Vasectomia era isso mesmo? Alex fizera vasectomia logo depois que M. Clara nascera.
— Deus!!!?? O rosto de Alex, agora parecia desfigurado pelo ódio.
— Vamos, explique como está grávida e não me diga que foi O Espírito Santo. Diga!!!!
Perdera todo autocontrole. — Sua piranha, vadia como pode fazer isso comigo pela segunda vez como? Diga!!! Quem foi? Responde. Gritava enquanto a esbofeteava, uma sequência de socos e alguns chutes e ela perdera os sentidos por alguns segundos.
Ao perceber que ela não mais se defendia, caiu em si, mas já era tarde. O rosto de Helena estava bem machucado...
(...)Aquele homem que a agredira tão violentamente ela não reconhecia, nunca imaginara algo assim. Era um homem bom, inteligente, era um pai amoroso e com ela sempre fora gentil era estranho vê-lo como agressor...

...Uma característica notavelmente exclusiva nos psicopatas é a capacidade de resistir a punições e castigos. Psicopata não aprende com os erros, pelo contrário, vai continuar cometendo os mesmos erros, ferindo ou não outras pessoas... E o grande problema é que a mulher sempre quer acreditar que ele vai mudar ou se arrependeu, até que seja tarde.
 Agora assista o vídeo e veja como acontece.


6 comentários :

  1. QUERIDA AHTANGE
    NÃO VI O VÍDEO AINDA, MAS UMA COISA, EU SEI....OS INIMIGOS NÃO MANDAM FLORES, COMO DISSE PEDRO BLOCH NA SUA PEÇA MAGISTRAL...
    MAS DE AMIGOS PODEMOS RECEBER MAIS MACHUCADOS QUE OS ESPINHOS DAS FLORES PROVOCAM...
    A "DOENÇA" DE UM AGRESSOR É CONTAGIOSA E CONTAMINA QUEM ESTÁ AO SEU LADO...
    A "CURA" ESTÁ DENTRO DO AGREDIDO ( NO CASO, A MULHER...) - ELA TEM QUE CORTAR AS AMARRAS, SEM MEDO, PORQUE, POR MAIS DURO QUE SEJA O FUTURO ( E ELE É, ACREDITE...) A PAZ, QUE COBRE COMO UM MANTO A NOVA VIDA, AMENIZA E CURA AS FERIDAS DO CORPO E DA ALMA!
    PARABÉNS!!!!!!!!
    BEIJO GRANDE
    SIMONE.

    ResponderExcluir
  2. Que assim seja minha amiga querida, que assim seja...

    ResponderExcluir
  3. O Rouxinol e a Rosa (Texto de Autor Desconhecido)

    Um rouxinol vivia no jardim de uma casa. Todas as manhãs, uma janela se abria e um jovem comia seu pão, enquanto olhava a beleza do jardim.

    Caíam sempre farelos de pão no parapeito da janela. O rouxinol comia os farelos, acreditando que o jovem os deixava de propósito para ele. Assim, criou um grande afeto por aquele que se preocupava em alimentá-lo ainda que com migalhas.

    Um dia, o jovem apaixonou-se. Mas, ao declarar-se, a sua amada impôs uma condição para retribuir o seu amor: que na manhã seguinte ele lhe trouxesse a mais linda rosa vermelha.

    O jovem percorreu todas as floriculturas da cidade, mas sua busca foi em vão. Nenhuma rosa... Muito menos vermelha. Triste, desolado, ele foi pedir ajuda ao jardineiro de sua casa. O jardineiro declarou que ele poderia presenteá-la com petúnias, violetas, cravos...

    Qualquer flor, menos rosas. Elas estavam fora de época; era impossível consegui-las naquela estação.

    O rouxinol, que escutara a conversa, ficou penalizado com a desolação do jovem... Teria que fazer algo para ajudar o amigo a conseguir a flor.

    Assim, a ave então procurou o Deus dos Pássaros, que falou: - Tu podes conseguir uma rosa vermelha para o teu amigo... Mas o sacrifício é grande e poderá custar-te a vida! - Não importa, respondeu a ave. O que devo fazer? É para a felicidade de um amigo! - Bem, tu terás que te emaranhar em uma roseira, e ali cantar a noite toda, sem parar. O esforço é muito grande; o teu peito pode não agüentar...

    Quando escureceu, o rouxinol emaranhou-se no meio de uma roseira que ficava em frente a janela do jovem. Ali, pôs-se a cantar seu canto mais alegre, pois precisava caprichar na formação da flor. Um grande espinho começou a entrar no peito do rouxinol, e quanto mais ele cantava, mais o espinho entrava no seu peito. Mas o rouxinol não parou. Continuou seu canto, pela felicidade de um amigo. Um canto que simbolizava gratidão, amizade. Um canto de doação, até mesmo da própria vida!

    Pela manhã, ao abrir a janela, o jovem deteve-se diante da mais linda rosa vermelha, formada pelo sangue do rouxinol. Nem questionou o milagre, apenas colheu a rosa. Ao olhar o corpo inerte da pobre ave, o jovem disse:

    Que ave estúpida! Tendo tantas árvores para cantar, foi enfiar-se justamente em meio a roseira que tem espinhos. Pelo menos agora dormirei melhor, sem ter que escutar o seu canto chato. É muito triste, mas infelizmente... Cada um dá o que tem no coração... Cada um recebe com o coração que tem...

    Enfim: Cada um dá o que tem no coração... Cada um recebe com o coração que tem...

    ResponderExcluir
  4. Márcia nem sei o que dizer diante disso...
    É tocante...
    Lindo...
    Verdadeiro...
    Só você mesmo meu anjo.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do Blog

    Me visite quando puder

    http://verdorinvisivel.blogspot.com/

    http://tinhahquedizer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Querida tem um selinho pra você lá no Blog. Tá na aba Selos e memes

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.