Amar...? Viver....? Morrer...?

Renascer para um novo amor?
Serei eu capaz? De matar esse amor em mim?
Esquecer-me-ei de ti? algum dia? Poderei eu olhar no horizonte sem ver teu olhar ou teu sorriso?
Serei eu capaz de suportar a ausência da tua vida na minha? Poderei eu sufocar a vontade de gritar teu nome a cada amanhecer quando percebo que não mais o terei? E as lágrimas  inundam meus olhos, a saudade dilacera o peito e o pensamento de ti não sai....
Serei eu capaz de oferecer a outro a boca que somente tu foste capaz de nela verter mel e extrair dela as mais lindas palavras de amor?
Poderei eu permitir que outras mãos toquem o corpo que foi santuário dos teus desejos?
Poderei eu viver com o adeus? O nunca mais?
Quisera eu tornar-me uma gota para cair no deserto e desaparecer....
Quisera eu tornar-me uma estrela para todas as noites brilhar e chamar tua atenção  onde quer que estejas...


Quisera eu sucumbir no esquecimento para deste amor me esquecer e por ele não sofrer.... 
Quisera eu de novo te encontrar...
Para amar... Viver.... Morrer em teus braços, olhando-te nos olhos, tocando teus lábios ao som da tua linda voz, embalada pelo teu amor, num afago do teu corpo, suspirar e para a vida dizer adeus levando o teu  no meu olhar...
Morrer para por esse amor não mais sofrer e de ti me esquecer.... 
Pesado fardo tornou-se para mim a vida sem ti...


Sempre e pra sempre tua flor do Brasil.

Ahtange.
Obs. Proibida a reprodução dos meus textos sem minha autorização.

0 comentários :

Postar um comentário

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.