Tempestade....

Nada me resta se não dor e saudade.
Onde o vazio toma conta de toda minha existência, me corrói o interior e trás  lágrimas aos meus olhos.
Sinto uma dor cortante, tomo nas mãos o que restou de ti.
Queima meus dedos... E sinto o inverno em mim, uma tempestade invade meu coração, com águas turvas  sufocam meus sonhos... E trazem a tona meus medos, e dores e vazio.
Então me dou conta de quão distante ficou o calor do teu corpo e a proteção dos teus braços...
Meu anjo, estou perdida, sozinha, indefesa, você era meu porto seguro, meu rio de águas claras nas quais eu mergulhava sem medo, pois você estava sempre comigo a embalar-me  serenamente nos braços e nada mais importava, apenas você eu e o nosso amor.   
Ahtange 

4 comentários :

  1. Ahtange amiga, que linda poesia, me toca profundamente.
    Vi seu recadinho, meu email: evani.bastos@gmail.com quero comprar sim, quero saber como faco.
    Bjos.
    Evany.

    ResponderExcluir
  2. Estou sempre aqui, leio,
    e torno à voltar e a ler e não me canso.
    Tua poesia é uma gota de perfume que basta para perfumar toda uma eternidade.
    Parabéns minha linda.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Minha querida você é tão especial para mim que não tem noção do quanto.
    Bjos!

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.