APENAS VOCÊ....

A noite caminhava silenciosa com passos lentos sem pressa de chegar a lugar nenhum 
Meu corpo embora cansado não conseguia adormecer
Meu quarto escuro de paredes lilás, refletia apenas meu silêncio
Minha vontade de sonhar livremente
De mudar um pouco da realidade
De transformar o percurso... Procurar um atalho para chegar até você
Me jogar em câmera lenta nos seus braços e pedir que não fales nada
Apenas me abrace...
Apenas me olhe...
Apenas seque minhas lágrimas...
Apenas me ame...
A noite seguia dando espaço a madrugada
E havia chuva em meus olhos ao lembrar dos seus
Eu sei que você me ama do seu jeito sem jeito
Eu vejo no seu rosto o seu desejo
Eu quase consigo tocar você através dessa tela
Eu fiz tantas perguntas a mim mesma nessa noite
E apenas uma resposta fez sentido
Eu continuo amando você
Com a mesma intensidade
Com o mesmo romantismo
Com a mesma ternura...
Com a mesma loucura...
Com a mesma emoção...
Eu perguntei a mim mesma se queria estrelas
E descobri que estrelas só são belas admiradas a distância
E a lua? Linda...Prateada?
Ela só será sempre assim tão bela se admirada por nós dois
A chuva?
A chuva só se torna mágica quando se faz sinfonia as nossas fantasias
Depois de tantos questionamentos conclui
Que só quero você...
Tão somente você...

4 comentários :

  1. Obrigada por postar minha poesia...
    Fico lisonjeada!
    Abraço Poético!

    ResponderExcluir
  2. Eu que agradeço por você permitir...
    Bjos linda.

    ResponderExcluir
  3. Que linda poesia! Linda mesmo! Adoro ler, pois me revigora! Parabéns Tereza! Linda mesmo... Fico lisonjeada de poder ler!
    Beijos, e beijos Athange!

    ResponderExcluir
  4. Oi minha linda,
    que bom ter vc por aqui, obrigada bjos.

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.