Instantes de mim sem você....Meu anjo.


Hoje meu dia não amanheceu...Olho por entre as frestas da minha ilusão...E não vejo você.... Portanto não vejo a mim mesma. Pois me perdi no vazio do teu silêncio. Que me fere a alma em desatino...Grito o mais alto que sou capaz... Choro... 
Vislumbro ao longe teus olhos, mas você não me vê, não me houve....Estou morrendo... Morrendo por dentro... Tem espinho cravado em meu peito, me dói até respirar.... 
Respiro teu perfume, bebo tua ausência me alimento da saudade que ficou e não quer me deixar viver....
Sei que em algum lugar do firmamento você vive, assim como aqui dentro do meu peito.
Te amo mais a cada dia e a cada dia sufoco no peito a dor dessa saudade, que me tira o sono, a razão....
Eu só queria entender porque perdi você.
Uma vez que de alguma maneira você não me perdeu...
Serei pra sempre tua flor do Brasil.

2 comentários :

  1. Oi meu anjo poeta, eu quase não tenho palavras para descrever meu encantamento ao te ler,realmente muito lindo esse cantinho seu, eu sou amante da poesia, amo tudo que de certa forma faz apologias ao amor, sou uma apaixonada pela vida. Parabéns amada!!

    ResponderExcluir
  2. Eu é que fico assim meio boba sem palavras quando me deparo com palavras tão carinhosas.
    Muito obrigada espero sempre ter o prazer da sua visita, jinhos doces e carinhosos.

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.