Medo de amar...

Tenho medo de acordar e você já não existir...
Tenho medo de mim... De você... De nós.
Tenho medo da magia criada num sussurro...
Na espera, na saudade...
Tenho medo do vazio, do silêncio deixado atrás da tua partida...
Tenho medo do frio da noite...
Do ruido da chuva, do silêncio da tua voz...
Que não mais que de repente sem que eu espere, desapareça e já não ouça...
Me desespero, grito teu nome e já não me responde...
Porque já não está aqui...
Tenho medo de outra vez sonhar...
E ao acordar saber que tudo não passara de um sonho...
Uma carícia...
Um beijo...
Um afago...
Uma promessa...
Seguido de um adeus...
Que dói na alma e ultrapassa o limite da dor.
E supera todo apelo da razão...
E tudo o que nos resta é sofrimento, angústia, solidão e medo do nunca mais...
Tenho medo de nos teus olhos me encontrar, para no teu adeus me perder e na tua ausência outra vez me encontrar...
Tenho medo de outra vez amar....
Ahtange Ferreira

2 comentários :

  1. Amiga, a gente se depara com uma poesia extraordinária dessa e fica maravilhada com o tesouro contido nela. Sabes como tua poesia me acalanta, e fala por mim. Parabens poetiza.
    Com todo meu carinho.
    Evany.

    ResponderExcluir
  2. Minha querida Evany e mais maravilhada fico eu, ao saber que chego e toco um coração tão lindo como o teu.
    Obrigada minha linda por existir e me chamar de amiga.
    Bjos em seu coração.

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.