Instantes de mim...

Estou na chuva...
E desta feita para purificar-me e lavar minha alma e corpo... Das feridas deixadas por tuas falsas palavras e promessas...
Retirar tua essência que me mortifica e aprisiona no passado.
Deixo-te aqui e sigo, pois minha caminhada ainda não finda com teu adeus!...
O fim é um novo começo.
Recebo em mim cada gota que molha meu rosto com novas promessas para a vida... Para a liberdade e nela já não cabe você... Fica no passado esquecido.
Pois o amor se renova, em outro corpo, em outro abraço, em outro olhar, sorriso...
Sigo por meu próprio caminho... Agora senhora do jogo!
Em cada pedra que tropecei e feriu meus pés delicados, ficou um pouco de mim. Deixo um pouco de ti, apesar de tudo...
Sigo inteira... Pois não sei amar pela metade. Nem esquecer pela metade, por isso te esqueço e te deixo completamente.
Ahtange

0 comentários :

Postar um comentário

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.