Amor Além da Vida, instantes de mim...


A vida... A morte... O amor... A saudade... O inesperado e indizível mundo dos sonhos encontros e desencontros... Vidas que se cruzam se marcam de maneira tão íntima e bela, dolorida e inesquecível...

Ahtange Ferreira

Você acredita em amor eterno? Então embarque comigo neste romance no qual o amor atravessa gerações em busca de sua metade. Um amor puro e inesquecível. Será o amor imortal?
Autora: Ahtange Ferreira
Capa: Ahtange Ferreira
Editora: 
Categoria: Romance sobrenatural

Sinopse:  Sarah era uma garota como outra qualquer, até encontrar  um diário no velho celeiro. A medida que ia lendo, sentia como se fosse transportada para os lugares ali descritos. Não era só um relato, era real demais. Os sentimentos e imagens se misturavam num turbilhão de emoções que não podiam ser explicadas com simples palavras.
Amor Além da vida é um romance sobrenatural... 
A estória de um amor que atravessou as esferas do compreensível.
Terá Sarah vivido em outra época? Outra vida? É possível um amor sobreviver a morte? 

Este romance é dedicado a todos os que vivem ou viveram um amor sonhado.
Longe... Mas dentro, impresso em cada poro.
Que acreditam nessa força capaz de atravessar a própria vida, e arrancar dos braços gélidos da morte o ser amado e transportá-lo para o campo dos sonhos.
Pois é no silêncio de uma lágrima, que grita mais alto o coração. E só é capaz de ouvir, aquele que pode ver além dos olhos...
Olhe para mim e se ver a mulher além dos olhos marejados... Saiba... Você me encontrou.

 “Não”. Não escrevo o que sou. 
Escrevo o que não sou. 

Sou pedra. Escrevo pássaro. 

Sou tristeza. Escrevo alegria.

A poesia é sempre o reverso das coisas. 
Não se trata de mentira.
É que nós somos corpos dilacerados 
–oh, pedaço arrancado de mim! -
O corpo é o lugar onde moram as coisas amadas 
que nos foram tomadas, presença de ausências, 
daí a saudade, que é quando o corpo não está onde está...

O poeta escreve para invocar essa coisa ausente.

Toda poesia é um ato de feitiçaria 

cujo objetivo é tornar presente e real

aquilo que está ausente e não tem realidade.
 (Rubem Alves).




PREFÁCIO
Algumas vezes a vida nos apresenta caminhos que, a princípio, podem parecer estranhos, mas com o correr do tempo, algumas coisas começam a encaixar, a fazer sentido e, afinal, dentro da nossa pequenez como seres humanos, acabamos por compreender esses novos caminhos.
            Assim foi meu encontro com Ahtange Ferreira.
Ambas escrevendo textos, acabamos por partilhar do mesmo blog – assim nos conhecemos. Visitamos os respectivos blogs, uma da outra, e ela, sempre generosa, deixava comentários elogiosos ao que eu escrevia.
Sempre que eu visitava seu blog, me encantava com a delicadeza de seus textos, alguns tão diferentes dos meus, envoltos em lirismo, sonhos e anseios. Dessa forma, virtual, começou a crescer uma amizade literária que, em um determinado momento, se tornou pessoal.
Ficava maravilhada com a beleza dos textos que transbordavam um amor absoluto, completo, avassalador... Mas que fora interrompido, de forma brusca, trazendo à tona todo sofrimento, toda dor, toda saudade.
Quando me convidou para escrever esse prefácio, confesso que, ao mesmo tempo em que me senti honrada, fiquei muito temerosa – como falar de uma relação tão bela, tão delicada, tão intensa? Como ter sensibilidade para colocar em palavras escritas a grande emoção desse amor imenso?
Um amor que perdura por várias gerações e percebemos ao longo do livro que não houve um fim – amor eterno não acaba jamais... Apenas um breve intervalo na convivência deles... Um hiato à espera que venham a se reunir de novo, agora que já se reencontraram.
Esse livro nos traz textos repletos de sentimentos, emoções, sonhos, paixões – tudo real, ou imaginário...  Vivido por duas pessoas  que souberam, através do AMOR, encontrar o sublime...
Esse livro é uma ode ao AMOR e a tudo de maravilhoso que pode proporcionar a duas pessoas que são abençoadas ao se encontrarem e reconhecerem a possibilidade de serem felizes, ainda que por um espaço de tempo curto.
Talvez o tempo humano tenha sido curto, mas amor é eterno enquanto permanece no coração e na alma de quem viveu.
Por: Simone de Faria

Espero que gostem, logo estarei disponibilizando o primeiro capítulo.
Deixe suas impressões sua opinião é muito importante para mim.
Jinhos doces e carinhosos.  


6 comentários :

  1. Que lindo, Ahtange!

    Fiquei com a cena de Sarah achando esse diário rodando em minha mente aqui... A estória parece maravilhosa. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou Nanda, ficou lindo mesmo é uma estória de amor diferente. Torcendo para tudo dar certo.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Amei Ahtange, parabéns! Já fiquei interessada, quero vivenciar esse Amor que desafia todos os limites, inclusive a morte! Aguardando o primeiro capítulo e desejando sucesso, pois você merece!

    beijos Fabi

    ResponderExcluir
  4. Obrigada minha amiga linda é tão bom o carinho dos amigos.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Amo livros que falam sobre a eternidade do amor!
    Parabéns!
    Já fiquei curiosa sobre o livro.
    Sucesso!!!

    http://imaginemia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Mia além dessa temática sobrenatural o livro vai ficar lindo estou escrevendo como todo carinho.
    Obrigada pela visita.
    Bjos!

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.