Instantes de mim...

Preciso me encontrar... Estando eu perdida... Meu sol escureceu.
Vou tentando seguir... Levando comigo pedaços de ti.
Minha vida, cidade perdida no meio de uma saudade, que ecoa teu nome nas ruelas e recantos mais obscuros do meu eu.
Corro pelas ruas de lembranças agridoces que, te levam para longe... Vai... Vai... E aqui permanece...Inabalável.
Tento  em vão arrancar-te e tudo o que consigo é enraizar-te  em mim, como segunda pele. Teu cheiro, toque, gosto, fundem-se a cada partícula viva em mim, um pedaço de ti.....

2 comentários :

  1. Sempre poeta! Sempre profunda! Obrigada por trazer sempre palavras impactantes à nossas vidas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Parece que você não está perdida. Precisa encontrar a parte que perdeu...

    Abraço,
    Jorge

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.