Instantes de mim....

Paisagens passam por meus  olhos e me trazem lembranças que ficaram no passado ou que jamais aconteceram, mas que estão aqui se revirando dentro de mim, inquietas como vermes em carne dilacerada....Eis que não contenho as lágrimas, deixo-as fluir livres para em cada uma escorrer das minhas entranhas o que por vontade própria não sou capaz de arrancar....Teria que reconstituir-me inteira para ti, em mim não mais existir...Não sou capaz, pois sem ti sou metade, a tua metade era o todo que me fazia inteira...
Ah sentimento sem sentido, grito que rasga o peito e faz prisioneira de uma saudade sentida apenas por mim, perdida entre paisagens vistas da janela, passo por elas toda semana e a cada dia elas me tocam de forma diferente.
Elas não mudam, porém meu olhar, sentir, sorrir, chorar... Mudam sem mudança significativa, real, pois aqui dentro a essência de mim permanece no que restou de você.
Ahtange Ferreira. 

0 comentários :

Postar um comentário

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.