Valorizando o nacional

Olá mi amores hoje trago mais um romance fofinho, daqueles que lemos e choramos litros. E que depois de ler passamos dias com os personagens na cabeça e em alguns casos com sensação de que algo foi arrancado de nós. Foi assim que senti com esse livro tão perfeitinho.

Sinopse - Inverno de Cinzas - Foi assim que te amei Vol.2 - Adriana Brazil
No segundo livro da série “Foi Assim que te Amei”, INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.





Falar dessa série não é assim fácil tenho uma relação de afeto muito grande com esta linda história de amor, na época quando li Outono de Sonhos estava vivendo o luto de uma perda incalculável para mim, estava fragilizada e tudo que eu tinha era dor e saudade e o amor dos dois a forma que se apaixonaram a primeira vez que Helen viu Andy na tela do computador, nossa era eu ali, então imagina né? Chorei horrores...
Passei todo esse tempo esperando o Inverno e qual não foi minha felicidade, eu fui para a Bienal e conheci minha querida e amada Adriana Brazil, e claro não podia deixar de trazer meu inverno devidamente autografado, mas o melhor de tudo mesmo foi ficar ali, olhando para ela, engolindo as lágrimas, querendo gritar eu te amo e simplesmente ficar muda, de emoção de amor...
Preciso me encontrar em meio a tantos remendos (Inverno de Cinzas)
Ela é como eu imaginava, linda, doce, meiga, uma fofa mesmo, TE AMO DRI, PRA SEMPRE.


Adriana Brazil
Bom, vamos as minhas impressões.
As coisas não saem exatamente como imagina nossa querida Helen, e o inverno chega com tudo, gelando até os ossos e deixando a pobrezinha completamente sem chão, desorientada e o pior se afasta de Deus e deixa que a mágoa tome conta de suas emoções e atitudes. Eu sei bem como ela se sentia, pois eu mesma atravessei esse inverno e o frio do abandono, a dor da perda nos deixa sem vontade de viver.
A vida perde todo o sentido e tudo que importa é a nossa dor. 
Em meio a dor Helen acaba por afastar seus amigos, cara eu juro que se fosse a Sarah ou a Evelin não sei não daria umas boas palmadas na Helen, a menina perdeu a noção do perigo af...


 Em alguns momentos eu gritei com ela e senti vontade de lhe da um sacode.......
O tempo passa e o inesperado, Helen finalmente tem a oportunidade de concertar tudo e adivinha? Ela se recusa, ah eu fui a loucura, fazia tempo que eu não gritava assim com um personagem kkkk eu meio que surtei andando pela casa com o livro na mão inconsolável até parar outra vez para continuar.

Preciso me encontrar em meio a tantos remendos (Inverno de Cinzas)

Gente o que veio a seguir me deixou ainda pior eu chorei com ela, não acreditava no que estava acontecendo, e perguntei como se Adriana Brazil pudesse me ouvir.

_ Dri o que é isso menina? Como pode fazer isso com ela?  Comigo? Me diga?

Bem, na minha casa minhas filhas já habituadas a esses surtos as vezes exagero e assusto as pobrezinhas kkkk, mas tudo bem.
Bom eu fui tomada por algo que não sei explicar estava chorando e comecei a gritar loucamente mais ou menos assim.

_ Ah Dri, sua lindaaaaaaaaaaaaaaaaa eu sabiaaaaaaaaaaaaaaa. - imaginou o negócio?
 Pois é esta sou eu lendo minha autoras nacionais divas que amo de paixão.
Não posso contar mais então deixo para vocês o frio desse inverno inesquecível para mim.


3 comentários :

  1. Ah meu Deus que coisa lindaaaaaaaaaaa
    Fiquei emocionada aqui, acho que misturando a lembrança do nosso encontro e imaginando vc lendo IC!
    Que saudade amiga e que vontade de te dar mais um abraço como aquele!
    Acompanhei sua dor e a sua felicidade de viver um amor como da Helen, mas creia, Deus guardou algo lindo pra vc, mais intenso e ainda mais profundo!
    Adorei esse pedacinho de vc!!
    te amo e obrigada por ter gostado tanto do meu livro! Primavera tem mais!!!
    bjks

    ResponderExcluir
  2. Ah meu Deus que coisa lindaaaaaaaaaaa
    Fiquei emocionada aqui, acho que misturando a lembrança do nosso encontro e imaginando vc lendo IC!
    Que saudade amiga e que vontade de te dar mais um abraço como aquele!
    Acompanhei sua dor e a sua felicidade de viver um amor como da Helen, mas creia, Deus guardou algo lindo pra vc, mais intenso e ainda mais profundo!
    Adorei esse pedacinho de vc!!
    te amo e obrigada por ter gostado tanto do meu livro! Primavera tem mais!!!
    bjks

    ResponderExcluir
  3. Dri,minha querida Dri, esse inverno me fez reviver aquela no mais profundo do meu ser e chorei com a Helen e sorri quando ela sorriu. Obrigada eu só posso dizer obrigada e nunca, jamais esquecerei teu sorriso e o calor do teu abraço.
    TE AMO!

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.