Valorizando o Nacional

Olá queridos, já perceberam que agora junto aos meus comentários eu faço uma entrevista com o autor (a) para que possamos conhecê-lo (a) melhor. Esta autora é muito especial para mim, nos conhecemos assim que eu entrei neste mundo louco e maravilhoso.
Falo da querida e talentosa NEIVA MERIELE. 
Adquira o seu exemplar aqui:  http://modoeditora.com.br/loja/pre-venda-a-hora-da-verdade-entrega-em-20-dias-uteis/
                                                     http://neivameriele.blogspot.com.br/
Vamos a entrevista?


1_ Conta pra gente quem é a Neiva?
Gaúcha, mãe e esposa, 24 anos... Eu me considero uma guerreira. Não é fácil ser escritora em um país onde a escrita é tão pouco valorizada. Felizmente essa realidade está mudando e fico feliz em fazer parte desse grupo de idealistas que acredita ser possível alcançar uma nova realidade no mundo literário.


2- Sabemos o quanto é difícil publicar um livro quando não se dispõe de recursos como foi para você a trajetória até aqui?
Foi e está sendo difícil. Como tudo na vida eu acredito que nada se conquista sem esforço. Desde o princípio eu soube que não seria fácil, pois não tenho uma condição financeira privilegiada, mas corri atrás do meu sonho e ter meu livro publicado hoje significa que alguns degraus da imensa escada já foram galgados, porém vários outros ainda estão à espera para serem escalados.

3- Você é mãe, dona de casa e esposa. Como você concilia tudo isso com o tempo para a escrita?
Escrevi vários livros na época em que ainda não era mãe. Nesse período eu dispunha de muito tempo e soube aproveitá-lo, já que hoje é bem mais difícil. Meu filho tem apenas 2 anos e depende muito de mim, de forma que sobra pouco tempo para me concentrar. Estou escrevendo menos agora, prefiro trabalhar nos que já foram escritos, mas normalmente escrevo à noite quando tudo está mais calmo em casa.

4- Sua família tem uma participação bem positiva na sua decisão de se tornar escritora. Você acha que se eles não te apoiassem vc teria desistido?
Com certeza eu teria desistido. Tem uma história interessante aqui. Eu escrevo desde os 14 anos, mas meus pais ficaram sabendo faz pouco tempo. Eles são pastores, missionários e eu temia decepcioná-los contando que escrevia romance, inclusive planejava nunca lançar um livro justamente para não magoá-los. Mas acabou que eles descobriram e para minha total surpresa foram maravilhosos comigo, me deram todo o apoio e me incentivaram não me deixando abrir mão desse sonho, mesmo quando parecia impossível e improvável. Minhas irmãs são minhas maiores fãs e meu marido fica eufórico toda vez que lê um elogio a respeito de algum dos meus livros. Então, posso dizer que sou abençoada por ter uma família como a minha, com certeza, eu não teria conseguido sem eles.

5- O livro Giovana a missão é um testemunho maravilhoso do que Deus pode fazer na vida de uma pessoa. O que ou quem te inspirou para escrevê-lo?
 Giovana foi escrito em apenas um mês. Era inverno, eu estava deprimida, vivendo um período muito triste da minha vida. Naquela época me parecia que até Deus se havia esquecido de mim e então numa manhã muito fria e cinzenta eu comecei a escrever o drama de uma jovem, que nasceu com um dom, mas que viu sua esperança sendo levada pelos desencantos da vida. Sem querer, sem sentir... apenas guiada por algo mais forte que eu, criei uma autobiografia misturada à ficção. Quando terminei de escrever me descobri como pessoa, pude entender alguns propósitos de Deus na minha vida e descobri que ganhava um presente enquanto escrevia o livro: engravidei e entendi o importante valor do Perdão.

6- Na vida contamos com anjos que acredito que o próprio Deus coloca em nossas vidas me diga quem são esses anjos na sua vida literária?
Nossa, são muitos, aliás, sem esses anjos eu não teria sequer saído do pdf. A minha família, como já mencionei antes.
Você, que nem preciso lembrá-la, teve um papel tão especial na minha carreira, não permitindo que eu desistisse todas as vezes que me bateu insegurança.
Adriana Brazil, um anjo com um dom capaz de mudar uma história. Ela me deu um conselho que foi essencial para a minha carreira. Na época eu queria mostrar todos os meus livros e ela me disse: “Escolhe um, o que estiver mais pronto, e foca todas as suas energias nele”. Ela tinha toda razão. Foquei no AHV e ele se tornou um livro físico. Além do mais ela foi maravilhosa sendo minha web designer particular.
Ká Guimarães. Foi a primeira pessoa a resenhar meu livro, chorei em seu ombro (virtual rs) muitas vezes. Seu blog, Acordei com Vontade de Ler se tornou praticamente minha casa, uma amiga que ajudou na divulgação do AHV desde quando ele era apenas um arquivo world.
Evany Bastos. Ela leu meu livro e me deu uma injeção de ânimo tão grande que me senti a the Best e essa guria linda me ajudou em momentos críticos da minha vida. Quando me lembro vêm lágrimas aos meus olhos.
E Shirlei Ramos, uma anjo lindo que Deus mandou pra minha vida como uma fã que queria muito ler o AHV, assim nos conhecemos e hoje eu a considero tanto quanto uma irmã.

7- Quem é para vc a pessoa que atende por Adriana Vargas?
Mais um anjo na minha vida, não citei antes porque vi a pergunta seguinte. Sem ela, que apostou no meu livro e meu deu uma chance, simplesmente não haveria livro, não haveria a realização de um sonho. A admiro como escritora, muito, mas principalmente pelo trabalho grandioso que ela faz levando em consideração o talento de jovens escritores, que na maioria das vezes é discriminado e até ignorado. Para mim, Adriana Vargas é uma heroína que ainda colherá muitos frutos das inúmeras sementinhas que plantou.

8- A hora da verdade é um livro maravilhoso com uma narrativa apaixonante. Minha curiosidade mudou muita coisa do que era para o arquivo final?

Obrigada, sinto-me lisonjeada. Na verdade, houve mudanças sim, mas todas elas com a intenção de deixar o texto mais profissional, e as cenas com mais intensidade. A única mudança mais radical foi o início, onde acrescentei 20 páginas do original para explicar melhor a condição em que viviam as irmãs Donnelly.

9- Qual a sua grande lição nesse tempo de espera? E fale um pouco dos seus outros projetos que sei que tem um em especial que me chamou bastante atenção.
A maior lição de TODAS: aprender a aceitar as críticas. Elas me fizeram crescer.
Em primeiríssima mão uma revelação guardada desde o ano passado. Apesar de eu ainda nem ter feito o lançamento oficial do AHV já está previsto para este ano de 2014 o lançamento do meu livro teen, pela Modo Editora, o “Acho que Cresci!” (não posso dar maiores detalhes rs, igual artista da Globo kkk)

10- deixe-nos um recado.  

Agradeço a você Ahtange, por ter sempre me apoiado e mais uma vez ter me dado a oportunidade de mostrar meu trabalho aqui no seu blog. Aos meus leitores, obrigado por acreditarem em mim. Escrevo para vocês e cada comentário, cada recadinho me faz a mais feliz das criaturas. Espero que cada leitor se apaixone à sua maneira pelo A Hora da Verdade. 

Obrigada minha querida foi maravilhoso conhecer um pouquinho mais você sua linda.
Agora veja aqui o que achei do livro A Hora da Verdade.

2 comentários :

  1. Foi uma delícia ter respondido suas perguntinhas amiga. Amei. Obrigada pela oportunidade em mostrar o meu trabalho. Beijos. <3

    ResponderExcluir
  2. Foi uma delícia ter respondido suas perguntinhas amiga. Amei. Obrigada pela oportunidade em mostrar o meu trabalho. Beijos. <3

    ResponderExcluir

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.