Valorizando o Nacional

Olá meus queridos vamos conhecer mais uma escritora nacional? Vamos lá. Bienal chegando coração a mil e, vamos encontrar nossos favoritos, então saiba mais sobre esta moça linda!


1- QUEM É SORAYA ABUCHAIM?
Que pergunta difícil rsrs... Bom, a Soraya é uma mulher que detesta ficar parada. Eu trabalho, tenho uma filha, faço academia e ainda arrumo tempo para o marido, a casa e a escrita, que eu amo, claro. Sou apaixonada por livros e pelo universo da literatura, e me realizei como escritora.


2- COMO TEM SIDO A DEVOLUTIVA DOS LEITORES?
Felizmente tem sido mais positiva do que eu imaginava. Estou me surpreendendo com os feedbacks, porque eu não imaginava que as pessoas fossem gostar tanto do meu livro de estreia.

3- COMO E QUANDO TU DESCOBRISTE O TALENTO E O GOSTO PELA LEITURA?
Nossa, quando eu abri os olhos na maternidade rsrsrs.... Brincadeiras à parte, eu amo literatura desde pequena. Amava ler, amei a época de escola em que tinha que ler os clássicos, enfim... Sempre fui daquelas que preferia estar com a cara em um livro a fazer outras atividades. O talento acho que foi surgindo com o tempo; de tanto ler, aprendi (e ainda estou aprendendo muito) a escrever.

4- QUAIS SÃO SUAS REFERÊNCIAS NA LITERATURA?
Bom, quem me conhece sabe que sou louca doente pelo Stephen King. Ele é meu mentor, meu muso inspirador rsrs. Além disso, há muitos autores que me influenciaram e ainda influenciam. Gosto da pegada mais descritiva dos clássicos, por exemplo (fato que baixou minha nota em uma resenha hahaha, mas sou desse estilo mesmo, fazer o quê); gosto de autores de mistério, como Agatha Christie e Mary Higgins Clark, alguns autores de romance, como Nora Roberts, Liza Klaussmann, etc. e comecei a conhecer muitos autores brasileiros, o que acabou me influenciando positivamente. A lista é tão grande que me perderei se tentar elencar aqui. Ahhh, a senhora, dona Ahtange, também é uma das minhas inspirações!

5- QUAIS OS SEUS PLANOS FUTUROS?
Pretendo continuar escrevendo sempre, independente do retorno que isso me dará. Já estou com novos projetos em andamento e acho que é isso que hoje me move — a paixão pela escrita.

6- COMO FOI PUBLICAR SEU LIVRO: EMOÇÃO, AFLIÇÃO, MEDO, ESPERA ?
Foi estranho. Ainda parece que estou sonhando. Também tive muitos medos, principalmente de como seria a aceitação dos leitores. Fiz um enorme trabalho mental para aprender a aceitar as críticas rsrsrs. É basicamente o clichê da realização de um sonho e uma das melhores coisas que já me aconteceram profissionalmente.

7- COMO TU VERES O MERCADO EDITORIAL E O ATUAL CENÁRIO?
Acho que há muita gente entrando no mercado e, infelizmente, o Brasil ainda não é um país que estimula a leitura. Nosso trabalho para atingir leitores é bastante árduo, e cada novo leitor é uma vitória. Isso me deixa um pouco triste, principalmente por ver tantos talentos adormecidos, mas tenho fé de que, aos poucos, aqueles que persistirem conseguirão seu quinhão nesse mundão literário em expansão.

8- ATÉ EU TE POSSUIR TRATA DE VÁRIOS TEMAS INTERESSANTES, COMO MORTE, PERDA, BAIXA AUTO ESTIMA, DEPENDÊNCIA EMOCIONAL E UMA DOSE DE PSICOPATIA TALVEZ? O QUE ,  E QUAIS LEITURAS DE MUNDO OU DE VIDA TE INSPIRARAM PERSONAGENS TÃO EMBLEMÁTICOS? COMO ESTÁ SENDO A EXPECTATIVA DE ESTREAR EM UMA FEIRA TÃO IMPORTANTE COMO A BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO? 
Eu sempre gostei de personagens sofridos. Adoro um drama, isso é parte de mim (felizmente nada a ver com a minha vida). Quando criei a Johanna, queria que ela tivesse algumas nuances psicológicas que pudessem ser identificadas por diversos leitores. Por isso ela parece, em alguns momentos, confusa com os próprios sentimentos. Ela tem muitos traços meus, mais no sentido de gostos pessoais e hábitos, e eu usei toda a minha bagagem dramática para dar a ela esse toque de tristeza. Os temas que eu abordo, embora possam parecer exagerados em alguns momentos, são temas rotineiros. Quantas pessoas, em menor escala, não se anulam na vida por não conseguirem lidar com um problema? Quem nunca teve amores perdidos? Eu quis criar realmente um livro em que todos pudessem se ver em algum momento.
O Michel é um homem que carrega vários outros dentro de si. Ele é aquele cara que pode ser o perfeito cavalheiro e, ao mesmo tempo, o maior filho da mãe. Mas também não deixa de ser um estereótipo (ops, não posso falar muito rsrsrs).
Para o relacionamento deles eu me inspirei em um livro que se chama No Escuro, da autora Elizabeth Haynes. Ela retrata esse tipo de relação mais doentia com maestria, e expressa bem os motivos que podem levar uma mulher a suportar tudo. E chega, senão darei spoilers! hahahaha

9- DEIXE UM RECADO PARA OS LEITORES.
Meu recado para os leitores é: continuem valorizando a literatura nacional. Nos apoiem, é tão difícil crescermos sem vocês! Não tenham preconceito, tem muita coisa boa por aí, inclusive o meu (hahaha... bem modesta). E àqueles que já leram Até eu te possuir, vocês têm a minha eterna gratidão. Eu realmente crio muito amor pelos meus leitores.
SINOPSE:
Johanna Dorne é uma mulher que perdeu todas as pessoas que amou. As tragédias de sua vida começaram com um acontecimento marcante quando ela tinha 13 anos.
Três décadas depois, ela se transformou em uma mulher solitária, confusa e inclinada à autocomiseração, que não consegue manter contato social com ninguém. Até conhecer Michel Brum, um homem charmoso e misterioso que a resgata de sua vida patética, devolvendo-lhe a felicidade há tanto tempo perdida. Só que Michel acaba mostrando que não é tão perfeito assim, e um segredo mortal jogará Johanna novamente em um abismo.


Autor: Soraya Abuchaim
Editora: Ella
Nº de Páginas: 284
Edição: 1
Ano: 2016
MINHAS IMPRESSÕES: 
Bom, conheci Soraya no grupo de escritores que participarão da Bienal 2016. Na correria do dia a dia com tantas coisas na cabeça não consigo prestar atenção em tudo. Com o passar do tempo fomos nos aproximando e que legal ela tem o mesmo nome do meu livro que também estarei lançando na Bienal. Assim, passei a prestar mais atenção nela e o sentimento foi nascendo em mim, carinho, respeito e a curiosidade pelo livro dela aumentou. E bastou ler a sinopse, me identifiquei no ato, não tardei em pedir e quando ele chegou foi paixão a primeira vista. Capa, brindes, diagramação tudo lindo. Encontrei quase nada que precise ser arrumado, detalhes apenas... Parabéns a Editora ELLA que projeto lindo. A escrita da autora é limpa,  a tecitura do enredo cativante a cada página eu queria mais. Alternar passado e presente foi um recurso bem legal gostei muito. Johanna Dorne, tivera muitas perdas, cada uma mais significativa que a outra, situações que de fato desestruturam literalmente qualquer pessoa.  Ela fica sozinha, mergulhada em lembranças, medos e num mundo criado para se proteger da vida, do amor, das pessoas em volta. Quando tudo parecia fluir na segurança costumeira da rotina criada por ela, eis que surge o charmoso Michel Brum, ele surgiu como uma tábua de salvação em meio a um vasto oceano, que não oferecia chance alguma para alma daquela mulher. E como tal, ela se agarrou a ele como um sopro de vida, com o passar do tempo Michel mostra-se como realmente é, sua alma sombria e seu sorriso escondem sentimentos nocivos, horripilantes... Até que ponto uma pessoa se abandona ao bel prazer de outrem por medo da solidão? Johanna mais uma vez se deixa escravizar em um mundo sombrio, agora muito, muito mais perigoso. Então caro leitor te convido a embarcar nesta história surpreendente e descobrir. O que esconde Michel Brum? Até que ponto Johanna suportará a situação ? Ela terá forças para se libertar? Venha e descubra.  
Eu amei este livro por tudo e principalmente, pela proposta de adentrar o psicológico dos personagens, o comportamento humano é algo maravilhoso e me inspira, me apaixona e envolve. Parabéns Soraya pelo lindo trabalho, não vejo a hora de te abraçar e trazer para a realidade este carinho nascido virtualmente. A identidade a afinidade sentida foi algo maravilhoso e costumo pensar que nada acontece por acaso... Nada!!!! Grande abraço e toda sorte do mundo que esta seja a primeira de muitas bienais que tu vais brilhar.

Meus queridos espero que tenham gostado de mais esta estrela que nasce no nosso céu literário.
Até a próxima aventura.




0 comentários :

Postar um comentário

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.