Valorizando o Nacional

Olá, faz tempo que não passo por aqui, é verdade, mas este é um cantinho que jamais irei abandonar completamente, aqui é meu infinito particular...
Hoje quero falar um pouco sobre nosso último projeto: Soraia entre o céu e o inferno.
Trago hoje muito feliz as considerações de uma leitura mais que especial, feita por alguém que sabe o que diz quando se trata de literatura. Obrigada minha querida, gratidão sempre, pelo carinho e por tudo.





Saudações literárias
Como irmã da Academia Luminense de Letras, gostaria de parabenizá-la por mais uma obra que sem sombra de dúvidas, confunde a ficção com a realidade.
No processo inicial de interpretação da leitura do seu livro, busquei a abstração de uma consciência mais primitiva, cito a mítica, para o entendimento do sobrenatural,alegórico e místico  enfatizando constantemente em sua obra, que sustentam a fundamentação de explicações racionais.
O adolescente protagonista, expressa o seu desabafo de suas crises existenciais, angústias, rejeições, preconceitos, violência e sofrimentos vividos num determinado cenário social, marcado por forte sentimento de amor... Esta forte afetividade que proporcionou o encontro de adolescentes que viveram um momento ardente de corpos que saíram  da dimensão lógica e se  embriagaram na intensa e desesperadora emoção, em busca da loucura, do medo, da intensa fragilidade que deleitava ao convite inusitado, da força desesperadora do extremo, o suicídio, inspirado no mito de Éros e Psiqué.


Esta obra exige reflexão de todos; pais, filhos, professores, como também um questionamento de como estamos mediando a formação dos nossos filhos, principalmente no tocante aos sentimentos de paixão dos mesmos, perdas, violência sexual intra familiar, bulling, namoro... É um convite para buscarmos uma educação mais preventiva, afetiva, dialógica e significativa, aonde o ser possa superar o ter dos filhos, uma orientação filosófica aos filhos, que as raízes de todas as coisas deste universo são explicáveis através de dois princípios opostos: o Amor e o Ódio, sendo o Amor a força que nos une , harmoniza, fortalece enquanto seres humanos, entretanto o ódio é um sentimento, separação e morte.
 Este livro nos convida para fazermos uma avaliação das nossas relações amorosas, só assim entenderemos que o amor manterá o equilíbrio  entre os seres da terra e ajudará na superação dos males que nos enfraquece. Esta obra é um grito de alerta aos pais adolescentes que são incompreendidos pelas suas crises, inseguranças, irreverências, relações amorosas, medo de lutar pelas profundas decepções e dores de perdas de amor.
Fique feliz por ter mais uma oportunidade de Le mais uma produção do seu rico e variado estilo. Esta obra exige do leitor um incentivo a pesquisa de todo entendimento que metafisicamente está além de nossa racionalidade.
Ivone Silva Oliveira

Presidente da Academia Luminense de Letras, Filósofa, e poetisa.

0 comentários :

Postar um comentário

Olá, este é um sonho estou lutando muito para torná-lo uma realidade. Dê sua opinião, critique de forma construtiva.
Obrigada, um abraço indelével.
Carinhosamente Ahtange.